Prefeito assina ordem de serviço dos bairros Ana Eliza e Imperial.

A licitação da obra de drenagem ocorreu em 02 de outubro, onde foi um grande passo para a tão esperada pavimentação asfáltica nos referidos bairros, Ana Eliza e Imperial. 

A licitação partiu primeiramente por um Projeto de lei do Prefeito aprovado pelos dez vereadores onde a negociação de um terreno destinado à autarquia foi uma das propostas para a autorização da obra, onde deixará as vias do Ana Eliza e do Imperial aptas a receberem a pavimentação.

O prefeito de Sarandi, Walter Volpato, assinou hoje (29) a ordem de serviço para execução da obra de drenagem de água, o qual tinha um valor inicial de 923.985,06 (novecentos e vinte e três mil e novecentos e oitenta e cinco reais e seis centavos). A obra é de responsabilidade da autarquia de águas, onde o superintendente, Michel Caldato (Gago), fez todo o esforço necessário para que o desejo dos moradores e do Prefeito se tornasse realidade.

A ganhadora da licitação foi a empreiteira Contersolo, mesma empresa responsável pela pavimentação do Jardim Santana, onde se prontificou  iniciar os trabalhos já nos próximos dias com previsão de término dentro de aproximadamente nove meses.

ASFALTO

Na ocasião, o Secretário de Urbanismo Junior Volpato apresentou aos presentes o Projeto de pavimentação que já está formulado aguardando os ajustes finais. Segundo o secretário, a intenção é finalizar a obra de drenagem e já iniciar a obra de pavimentação, o qual ocorrerá na modalidade comunitário.

A obra de drenagem, por partir de uma “jogada benéfica” da prefeitura, não trará custos aos moradores, reduzindo o valor que cada um pagará no asfalto. Segundo a contabilidade realizada por engenheiros da prefeitura, cada morador pagará aproximadamente R$3.600,00 (três mil e seiscentos reais) o qual poderá ser parcelado em até 24 vezes (o valor varia em relação ao tamanho da frente do lote onde casas geminadas pagam metade do valor e esquinas pagam um valor acima). Estes valores poderão ser reduzidos caso houver concorrência de preço no pregão da licitação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *